Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsonaro diz que 'baterá o martelo' sobre Previdência nesta quinta

Presidente afirmou que, após dúvida sobre idade mínima, há um consenso para aprovar a proposta final do governo

Após a alta hospitalar, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que decidirá o texto final da reforma da Previdência nesta quinta-feira 14. A declaração foi dada em entrevista para a TV Record, na qual ele também afirmou que, caso seja comprovado que o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, esteve envolvido num esquema de “candidatura laranja” do PSL na última eleição, o destino do ministro será “voltar às suas origens”.

Sobre a Previdência, Bolsonaro declarou: “minha grande dúvida foi se [a idade mínima] passaria para 62 ou 65 anos no caso dos homens e 57 ou 67 para as mulheres. Se for 62 e 57, haverá transição. Por outro lado, a transição aconteceria até 2030 ou 2032, aproximadamente”.

O presidente garantiu que há consenso para a aprovação do texto e disse que “baterá o martelo” nesta quinta-feira.

Mais cedo, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou  que a proposta da reforma deve ser enviada ao Congresso “até o Carnaval”. O feriado é na primeira semana de março, a data estica o prazo inicial previsto pela equipe econômica, que era entre os dias 19 e 21 de fevereiro.

“O presidente já viu mais de uma vez o que deixamos com ele. Nós vamos conversar ao longo do final de semana”, disse Onyx ao sair de um evento em Brasília.

A equipe econômica havia indicado que a proposta deveria ser enviada entre 19 e 21 de fevereiro. Onyx disse que se estiver “tudo pronto e maduro”, e o presidente concordar, o texto pode ser enviado na próxima semana. “Mas não é obrigatório que seja na semana que vem”, afirmou.

Member of The Internet Defense League