Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Argentina capta US$ 16,5 bilhões em retorno a mercados

País estava fora do mercado financeiro global desde moratória de 2001. Títulos da dívida foram negociados a uma taxa de juros média de 7,2%

A Argentina anunciou ter captado nesta terça-feira 16,5 bilhões de dólares ao emitir títulos a uma taxa de juros média de 7,2%. A operação marca o retorno do país ao mercado mundial da dívida desde a moratória de 2001. O governo de Mauricio Macri buscava captar pelo menos 12,5 bilhões de dólares com quatro séries de títulos a 3, 5, 10 e 30 anos.

“A mancha do ‘default’ de 2001 se encerra definitivamente”, disse o ministro da Fazenda Alfonso Prat-Gay. “Nesta sexta-feira, quando os fundos caírem em nossa conta, pagaremos 9,3 bilhões de dólares”, acrescentou.

A maior parte dos recursos levantados – cerca de 10 bilhões de dólares – serão usados para pagar os chamados fundos abutres, respaldados por uma sentença judicial em Nova York. O restante será usado para recompôr o déficit orçamentário do país.

Leia mais:

Argentina volta aos mercados em grande estilo, e demanda por títulos alcança US$ 70 bi

Dólar cai quase 2% com alta do petróleo e sem intervenção do BC

(Com Agência France-Presse)

Member of The Internet Defense League