Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ações da Latam Airlines deixarão de ser negociadas no Brasil

Motivo é a baixa representatividade destes papéis nos mercados em que opera. Decisão não afeta o compromisso com o Brasil, diz a empresa

A Latam Airlines, maior grupo de transporte aéreo da América Latina, disse nesta terça-feira que suas ações deixarão de ser listadas na bolsa brasileira, devido à baixa representatividade destes papéis nos mercados em que opera.

A Latam Airlines, que inclui as operações da chilena LAN e da brasileira TAM, mantinha até o final de março um programa de BDRs na bolsa paulista, que representava 0,44% do total das ações do conglomerado. Cada BDR equivale a uma ação ordinária da Latam Airlines.

Essa porcentagem correspondia aos acionistas que possuíam títulos da TAM e que decidiram não trocar suas ações por uma da Latam Airlines quando LAN e TAM concretizaram sua fusão em 2012. Na época, os papéis que eram exclusivamente da TAM deixaram de ser negociados.

“O Conselho de Administração da Latam Airlines aprovou nesta data o cancelamento do programa de BDRs (…)”, disse a companhia em comunicado, acrescentando que a decisão não afeta o compromisso de longo prazo com o Brasil.

O grupo com matriz em Santiago tem unidades de operação na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru, enquanto suas ações estão listadas na Bolsa de Santiago e em Wall Street.

Os donos de BDRs terão a opção de liquidar seus papéis na bolsa de Santiago ou trocá-los por ações da Latam nos próximos 30 dias.

Leia mais:

Bovespa sobe 0,56%, puxada por Petrobras e Vale

Dólar sobe 1,86% e encosta em R$ 3,70

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League