Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia do RS prende sete pessoas por exploração sexual infantil e estupro

Operação Cinderela foi deflagrada simultaneamente em 14 cidades do Sul do país

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul, através do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), deflagou entre a noite de quinta e a madrugada de sexta-feira, uma operação com o objetivo de combater os crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes em 14 cidades do sul do país. Sete pessoas foram presas pelos crimes de exploração sexual, estupro e porte de arma.

A delegada Adriana Regina da Costa, diretora do Deca, informou que foram vistoriados 130 estabelecimentos onde há suspeitas de exploração sexual. Nesses locais foram encontradas sete adolescentes sendo exploradas sexualmente ou frequentando o estabelecimento. As adolescentes tinham 16 e 17 anos.

Segundo a delegada, o Conselho Tutelar vai acompanhar o caso. “Elas foram entregues aos familiares e as que não localizamos nenhum familiar encaminhamos ao Conselho Tutelar. O Conselho Tutelar acompanhará todas as menores para que elas não sejam cooptadas novamente”.

A ação denominada Operação Cinderela ocorreu simultaneamente nas cidades de Porto Alegre, Canoas, Caxias do Sul, Santa Maria, São Luiz Gonzaga, Santo Ângelo, Vacaria, Santa Cruz do Sul, Rio Grande, Passo Fundo, Pelotas, Uruguaiana, Cachoeira do Sul e Carazinho.

Ainda de acordo com a delegada, o desaparecimento de crianças e adolescentes pode estar vinculado à exploração sexual de menores, mas nesse caso nenhumas das adolescentes encontradas em casas de prostituição estava desaparecida.

“Demos início à Operação Cinderela a partir de denúncias e ocorrências, mas também temos linhas de investigação maiores voltadas para a exploração sexual de menores, especialmente no Deca. Essa operação foi em um nível estadual, mas no Deca o combate a esse tipo de exploração é diário”, afirma a delegada.

LEIA TAMBÉM:

Autor de cotovelada brutal contra mulher deixa prisão

Member of The Internet Defense League