Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O impasse na relatoria do impeachment no Senado

Um dia depois de o governo ser derrotado no plenário da Câmara, senadores tentam encontrar uma saída para a definição do relator para o processo de impeachment na comissão especial do Senado. O primeiro nome ventilado, o peemedebista Eunício Oliveira (CE), foi descartado porque o PMDB é o partido do vice-presidente Michel Temer, o principal beneficiário do processo que pode levar à deposição de Dilma. A indicação da senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS), por sua vez, encontra resistências no PT porque ela já declarou ser favorável ao processo de impeachment e contra a tese de que o procedimento seria um golpe de estado. Enquanto permanece o impasse sobre quem seria o relator a elaborar o parecer a ser enviado para votação tanto no colegiado quanto no plenário da Casa, um dos nomes cotados para a presidência da comissão especial é o do senador tucano Antonio Anastasia (PSDB-MG). O senador petista Lindbergh Farias afirmou nesta segunda-feira que o PT irá se opor com veemência à possível escolha de Ana Amélia e sugere nomes como Cristovam Buarque (PPS-DF) e João Capiberibe (PSB-AP). (Laryssa Borges e Eduardo Gonçalves, de Brasília)

Member of The Internet Defense League