Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Motoristas de ônibus liberam terminais em São Paulo

Categoria paralisou os 29 terminais urbanos em reivindicação de aumento salarial

Os ônibus da cidade de São Paulo voltaram a circular ao meio-dia, conforme havia prometido o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindmotoristas). Motoristas cruzaram os braços às 10 horas desta quarta-feira reivindicando reajuste salarial. Eles recusaram a proposta das empresas de aumento de apenas 2,31% – abaixo da inflação.

Segundo o Sindmotoristas, todos os 29 terminais urbanos foram paralisados. De um total de 4,5 milhões de pessoas que utilizam o sistema de transporte, cerca de 1,5 milhão foram prejudicadas, informou a prefeitura.

Caso não haja uma nova proposta de reajuste do salário, os motoristas de ônibus prometem uma nova paralisação nesta quinta-feira, das 14h às 16h. Se não forem atendidos, prometem parar São Paulo na próxima segunda-feira, dia 23.

Reflexos – Às 10h30, o trânsito na capital paulista registrou 109 quilômetros, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) – acima da média, que pode variar entre 58 e 84 quilômetros de congestionamento. De acordo com o órgão, os manifestantes não bloquearam nenhuma via, apenas os terminais. As vias mais congestionadas eram Marginal Pinheiros, no sentido Interlagos, com 10,2 quilômetros de trânsito; a Avenida Bandeirantes, sentido Marginal, com 5,1 quilômetros; e a Avenida Vinte e Três de Maio, sentido Santana, com 3,2 quilômetros.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League