Clique e assine com 88% de desconto

Estudantes desocupam o plenário da Assembleia Legislativa de SP

Por Da Redação - 6 maio 2016, 17h36

Estudantes de escolas públicas que ocupavam o plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) deixaram o prédio na tarde desta sexta-feira. Os manifestantes saíram de forma pacífica e prometeram realizar novos atos na próxima semana.

Reivindicando a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as fraudes na merenda das escolas públicas do Estado, os alunos invadiram o plenário da Alesp na tarde de terça-feira e ficaram acampados até esta sexta. Os trabalhos na Casa estavam suspensos desde então.

LEIA TAMBÉM:

Estudantes invadem Alesp para pedir CPI da merenda em SP

Continua após a publicidade

Requerimentos sobre máfia da merenda estão parados há um mês na Assembleia de São Paulo

Na quinta-feira, a Justiça de São Paulo havia determinado multa diária de 30.000 reais caso a ocupação continuasse. Os manifestantes receberam o prazo de 24 horas para deixar o local.

O presidente da Alesp, Fernando Capez, é investigado no Ministério Público por ter seu nome citado em grampos telefônicos que tratavam de propinas vindas de contratos fraudulentos com a Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf).

(Da redação)

Publicidade