Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deputado da placa de Marielle: 'houve foi um Regime Democrático Militar'

Para Daniel Silveira (PSL-RJ), não houve ditadura no país; esse é um "termo complexo"

Da tropa de choque do governo Bolsonaro, o deputado e policial militar Daniel Silveira (PSL-RJ) tem uma avaliação própria e peculiar do período que o país viveu sob o comando dos militares.

“O termo ditadura militar é um termo complexo. Não tivemos isso. É um fato que inexistiu. O que houve foi um Regime Democrático Militar. Qual o problema se tivéssemos comemorado o 64?!” – disse Silveira na Câmara, em audiência com a presença do general Santos Cruz.

O parlamentar protagonizou durante a campanha, em 2018, episódio que, junto com outro colega e na presença do hoje governo Witzel, quebraram uma placa com o nome de Marielle Franco.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s